Jornada de Lutas

19/11/2005 – 1º APARIÇÃO DO MPL NA CÂMARA DE VEREADORES
Neste dia, o MPL compareceu sem ser convidado a uma sessão da Comissão de Legislação e Justiça na Câmara de Vereadores, onde conseguiu marcar para o dia 9/11 uma Audiência Pública para a discussão de 2 projetos de Leis que tratam do Passe Escolar.

26/11/2005 – ATO NACIONAL PELO PASSE-LIVRE
O MPL levou 300 estudantes até a URBS, para entregar sua Carta de Reivindicações, onde cobrava, entre outras coisas, o PASSE-LIVRE; a redução da tarifa; a licitação transparente de todas as linhas (conforme decisão judicial); e abertura da caixa-preta do transporte. Conseguiram uma declaração da URBS, se comprometendo num prazo de 30 dias, dar a reposta a essa carta.

No mesmo dia, O MPL foi para Câmara de Vereadores, acompanhar a Audiência Pública do Projeto de Lei do vereador Valdenir Dias (PTB), que propõe a concessão de 40 vales-transporte para os líderes de associações comunitárias.

O MPL estava lá para perguntar: Por que não conceder a isenção para o conjunto da população?

09/11/2005 – AUDIÊNCIA PUBLICA NA CÂMARA DE VEREADORES
O MPL se fez presente novamente na Câmara, desta vez para uma Audiência Pública marcada pelo próprio Movimento, onde se discutiu 2 projetos de lei: um pretende punir os estudantes que “furam” os ônibus; e outro que visa ampliar o acesso do Passe-Escolar.

O MPL pediu retirada do primeiro projeto que pretendia punir o estudantes. Para o segundo projeto, foi sugerido uma emenda que contemple o PASSE-LIVRE para todos os estudantes.

16/11/2005 – MPL CONSEGUE BARRAR PROJETO DE LEI QUE PRETENDIA PUNIR OS ESTUDANTES
Na quarta-feira, dia 16 de novembro, o MPL conseguiu barrar na Comissão de Legislação e Justiça o Projeto do vereador Pastor Gilson, que pretendia punir os estudantes que fossem flagrados furando ônibus. O MPL entendeu essa iniciativa como perigosa, pois poderia criminalizar os estudantes e o Movimento, bem como consideou a proposição como inconstitucional, pois queria fazer o município legislar em matéria penal.

RESULTADO:

O Movimento Passe Livre de Curitiba soma mais uma vitória na luta por um transporte público, democrático e sem exclusão. Se consolida como um Movimento bem articulado e temido, conseguindo abrir um espaço de dialogo permanente dentro da Câmara de Vereadores.

O próximo passo é continuar a Jornada de Lutas.

PRÓXIMO PROTESTOS:

DIA 23/11/2005
MANIFESTAÇÃO EM CONJUNTO COM OS MOVIMENTOS DE MORADIA

>>> Concentração as 8:00 na frente da Prefeitura <<<

Dia 25/11/2005
ATO PÚBLICO COBRANDO A RESPOSTA DA URBS

O MPL de Curitiba irá realizar um ATO neste dia, cobrando da URBS resposta a carta de Reivindicação entregue à 30 dias. O prazo acabou, queremos a nossa resposta!!!

>>> Concentração as 8:30 na Praça Santos Andrade <<<

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s