Entrega de Dossiê sobre Transporte Coletivo Modelo de Curitiba

Tragédia da praça Tiradentes (2010) – para esquivar-se da culpa, Máfia do Transporte Coletivo Modelo implanta imediata prisão do motorista ferido e ainda em choque. Até hoje não há esclarecimentos.

Durante evento no Ministério Público do Paraná, versando sobre Direito a Habitação, Moradia e Direito à Cidade, o MPLCURITIBA entregou DOSSIÊ para a relatora da ONU para o direito a moradia, Raquel Rolnik.

O dossiê contém denúncia com diversas matérias publicadas a respeito de acidentes e da corrupção que permeia mais este mito de Curitiba, que é o Transporte Coletivo Modelo. O dossiê contém 2 denúncias já protocoladas no MP-Pr, todas sem desdobramento em termos de ação civil pública:

– A denúncia da licitação fraudulenta, onde as empresas/ famílias que monopolizam o transporte faturaram sem concorrentes o contrato de 8,6 BILHÕES de reais, implementando ainda o AUMENTO DA VELOCIDADE MÉDIA dos veículos, para maximizar lucros em detrimento da segurança dos cidadãos (Protocolo 2986/2010 – 24.02.10/ 17:19h).

– A denúncia do projeto METRÔ CURITIBANO, elaborado a portas fechadas e com audiências públicas “pró-forma”, sem real respeito ao estatuto das cidades (Protocolo 13359/2012 – 13.07.12/ 17:35h).

A última atuação do MP-Pr em relação ao transporte coletivo modelo foi o caso Cleonice Gouveia (2009), passageira que caiu de ônibus superlotado e morreu no ato, dilacerada sob o rodado do mesmo. Na ocasião, o MP-Pr implementou TAC com base no responsável: a porta do ônibus.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s