Passo a passo para o LOCKOUT no transporte coletivo:

1) O empresário quer aumentar a tarifa de ônibus e para isso precisa de uma justificativa;

2) Vem a conversa com o sindicato dos trabalhadores, para que uma greve (normalmente, somente ameaça de greve) deflagre no momento propício (o carnaval, além de ser uma data desmobilizadora, é exatamente o prazo mínimo para novo reajuste de tarifa, segundo a licitação fraudulenta que está em voga);

3) Com a greve ou ameaça de greve, a opinião pública é sensibilizada;

4) O empresário reajusta minimamente o salário do trabalhador e aumenta a tarifa como bem entende;

5) Com a opinião pública já apaziguada, a urbs (que, nem é preciso falar, age ao lado dos interesses privados) joga a culpa do alto preço da tarifa no trabalhador do transporte coletivo. No fim das contas a empresa sai ganhando e a greve dos trabalhadores ganha a antipatia da população.

A seguinte matéria de 2012 aprofunda a questão: Aqui!

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Passo a passo para o LOCKOUT no transporte coletivo:

  1. Se é publico nós nao temos que arcar por quase 100% dos custos desse transporte…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s